quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A CRISE BRASILEIRA FOI PAUTA DE TODOS OS ENCONTROS DOS GOLPISTAS




A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé



BENITO GAMA (PTB-BA) DIZIA DURANTE AS REUNIÕES PARA TRAMAREM O IMPEACHMENT DA DILMA: “A CRISE BRASILEIRA FOI PAUTA DE TODOS OS ENCONTROS – E POR AÍ É QUE ACHAMOS A SOLUÇÃO QUE SE AVIZINHA, MELHOR PARA O PAÍS” E TEM UMA PIADA QUE É IMPOSSÍVEL DEIXAR DE CITAR: AS TRÊS MAIORES PEREGRINAÇÕES DO MUNDO SÃO A DE FÁTIMA, A DE APARECIDA E A DO PALÁCIO JABURU. ESTE É POR ENQUANTO O BUNKER DO VICE-PRESIDENTE MICHEL TEMER . SÓ UM FATO IMPONDERÁVEL PODERÁ MODIFICAR ESSE QUADRO”. ERA A PIADA DA HORA E FOI IMPLACÁVEL COM O DRAMA PESSOAL DA PRESIDENTA DILMA: “TODO ESSE DRAMA FOI CRIADO PELO PARTIDO0 DELA. NÓS DA OPOSIÇÃO NÃO TIVEMOS CAPACIDADE E COMPETÊNCIA PARA CRIAR UMA CRISE. ELA É PRODUTO DA ARROGÂNCIA, DA PREPOTÊNCIA E DA INCOMPETÊNCIA DO GOVÊRNO. JOGARAM UM CESTO DE PEDRAS PARA CIMA E NÃO ESTÃO CONSEGUINDO SAIR DE BAIXO.”
AO QUE ME PARECE ESTA FRASE ESTÁ DIRIGIDA PARA TODOS OS TRAIDORES E TRAÍRAS ARROGANTES INCOMPETENTES E PREPOTENTES.

Não podemos deixar de lembrar de onde surgiu toda essa parafernália que está instituída no Brasil, graças a um grupo de "inteligentes" que taxaram o país de estar vivendo uma bandalheira e entregaram ao “inocente” e “puro” Eduardo Cunha uma denuncia contra a Presidente Dilma assinada por tres débeis mentais: Hélio Bicudo, Miguel Reale e uma louca chamada Janaína Paschoal,um documento pedindo o impeachment da presidenta Dilma, com a assinatura de “políticos” que durante quase um ano se reuniram na casa sob o comando de Heráclito Fortes.

O nome, de alguns, tenho que citar sempre Benito Gama (PTB-BA), José Carlos Aleluia (DEM-BA), Raul Jungmann (PPS-PE), Rodrigo Maia (DEM-RJ), senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Pauderney Avelino (DEM-AM), Mendonça Filho (DEM-PE), Júlio Lopes (PP-RJ), Danilo Forte (PSB-CE), Carlos Marun (PMDB-MS), Fernando Bezerra Coelho Filho (PSB-PE), Tadeu Alencar (PSB-PE). Heráclito Fortes, Jarbas Vasconcelos, José Carlos Aleluia, Raul Jungmann, Marcos Pestana (PSDB-MG), Tadeu Alencar, Rubens Bueno (PPS-PR) e Mendonça Filho.

Era o “cérebro da conspiração” – para usar uma imagem que os mais velhos, os quatro primeiros, conhecem bem. Entre eles próprios, com a intimidade que as amizades permitem, batizaram-se de “G-8”. O G, no caso, significando “geriátrico” – uma homenagem aos setentões, ou quase. Heráclito, por exemplo, ainda tem 65. Roberto Freire (PPS-SP), Bruna Furlan (PSDB-SP), Jutahy Junior (PSDB-BA), Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Bruno Araújo (PSDB-PE), Felipe Maia (DEM-RN). Danilo Forte, do PSB do Ceará – que chama o núcleo de “ágora”, a praça grega das assembleias populares.
Criaturas “incríveis! E frases “incríveis como uma que definia o Ministro Nelson Jobim: “Ele nos deu conforto nos momentos em que decisões do Supremo nos desanimaram Carlos Marun ou esta de Pauderney Avelino ia aos jantares desde o começo. “O Heráclito é o meu socialista predileto”
Benito Gama (PTB-BA), outro integrante do grupo, desde os primórdios, dizia: “A crise brasileira foi pauta de todos os encontros – e por aí é que achamos a solução que se avizinha, melhor para o País” e tem uma piada que é impossível deixar de citar: “as três maiores peregrinações do mundo são a de Fátima, a de Aparecida e a do Palácio Jaburu. Este é, por enquanto, o bunker do vice-presidente Michel Temer.Só um fato imponderável poderá modificar esse quadro”. Era a piada da hora e foi implacável com o drama pessoal da presidenta Dilma: “Todo esse drama foi criado pelo partido dela. Nós da oposição não tivemos capacidade e competência para criar uma crise. Ela é produto da arrogância, da prepotência e da incompetência do governo. Jogaram um cesto de pedras para cima e não estão conseguindo sair de baixo”

Hoje, todos esses conspiradores acabaram colocando o país numa situação muito bem estudada e preparada, com o endosso de Ministros como Luis Roberto Barroso, achando que conseguiriam varrer o PT e o Lula do mapa e impor goela abaixo uma reforma trabalhista e uma reforma previdenciária contra a opinião massacrante da população.

Alguns já se posicionaram, mas, sinceramente, gostaria saber o que cada um deles vai dizer em próxima campanha. O PMDB vai enterrar a cabeça na areia, os nanicos, vão sair com a grana que o golpista está distribuindo para não sair do poder, o PSDB tá dando uma de bom moço, querendo sair incólume, quando o Brasil e o Mundo sabe que o Aécio Neves ameaçou e cumpriu com a palavra de destruir o Brasil.

Maristela Farias - Jornalista DRT 1778/PE

Postar um comentário